segunda-feira, 24 de março de 2008

Túnel do tempo - Barrados no baile

Brandon e Brenda são dois irmãos gêmeos. Criados em Minnesota, têm suas vidas completamente mudadas quando vão morar na luxuosa Beverly Hills.

Se fôssemos resumir "Barrados no Baile" em uma frase, provavelmente essa bastaria, mas fazer isso seria bem injusto. Tudo porque estamos falando de uma das séries mais famosas e influentes da história. Exagero? Claro que não! Quem na casa dos vinte e poucos anos não se deliciou ao ver as histórias dos irmãos Walsh e seus amigos? A turma era muito legal mesmo: tinha o descolado Dylan, o playboy Steve, a patricinha Kelly - quando o termo "patricinha" ainda nem existia! -, a bobinha Donna... Até do mané David Silver e da maleta Andrea Zukermann a gente gostava.


"Barrados no Baile" - o nome original da série é "Beverly Hills 90210" - foi ao ar nos Estados Unidos de 1990 a 2000, somando dez temporadas. Na primeira, vemos os irmãos Brandon e Brenda se adaptando à realidade da nova vizinhança e do colégio West Beverly. Não demorou para eles se entrosarem: enquanto Brandon era bem popular, trabalhando no jornal do colégio e no clube de praia de Beverly Hills, Brenda namorava Dylan McKay, o garoto-problema da cidade.A resposta do público não foi tão boa, mas a Fox resolveu apostar na série - e se deu bem. Nas duas temporadas seguintes, a audiência foi crescendo rapidamente.

Na série, temas como racismo, drogas e gravidez na adolescência eram desenvolvidos de uma forma até então inédita numa atração televisiva adolescente. Os personagens viraram ídolos: todo garoto queria ser como Brandon e Dylan, musos das meninas - e elas também se espelhavam nas roupas, cabelos e posturas de Brenda, Kelly e Donna. Tudo isso num eterno clima de paquera que gerava as constantes trocas de casais de "Barrados no Baile". Enfim, sucesso absoluto.
Na quarta temporada, um baque: Shannen Doherty, que vivia a Brenda, brigou com Deus e o mundo nas gravações; e sua personagem acabou se mudando em definitivo para Londres, deixando a série. Mesmo com a saída da personagem - que deu força ao movimento "I Hate Brenda" ("Eu odeio Brenda") por alguns fãs que não gostavam nada dela -, "Barrados no Baile" continuou bem, pois o quarto ano da série marcou a ida dos personagens para a universidade.Durante as quatro temporadas seguintes, a série continuou no ar, mas já em declínio. Luke Perry e Jason Priestly acabaram abandonando a atração. Perry, o Dylan, saiu na quinta mas retornou na oitava - a mesma em que Priestly, o Brandon, partiu em definitivo.

No fim da série, só Kelly, Steve, Donna e David tinham participado de todas as temporadas. E como foi o episódio derradeiro de "Barrados no Baile"? Feliz, claro! Nele, David e Donna se casam, e Kelly e Dylan começam um novo namoro. E mais: a série ainda gerou um spin-off (espécie de série que surge de uma outra), a igualmente bem-sucedida * "Melrose Place" , protagonizada por um ídolo/amigo de Dylan, Jake. "Melrose Place", a "descendente direta", durou sete temporadas; as "indiretas", como "The O.C.", "One Tree Hill", "Laguna Beach" e tantas outras estão e estarão sempre por aí. Se você não viu nada disso no ar nos anos 90, saiba que "Barrados no Baile" é reprisada no Sony. E não vá achando que, depois de tanto tempo, Brandon, Brenda e companhia perderam a graça: afinal de contas, uma série não marca época à toa.

BARRADOS NO BAILE SONY segunda a sexta às 7h.
Fonte: http://tv.globo.com/

Clique no link abaixo e confira como está o elenco do barrados hoje em dia:


* Breve postarei sobre Melrose place. Para mim tão boa quanto ou até melhor que Barrados!
Robs.

Um comentário:

By Cássia disse...

DEZ!!!!
não vejo a hora que poste sobre Melrose Place!