segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Sidney Baptista *11/06/1968 +24/12/2010

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Feliz natal e excelente ano novo Du Robs


Quando vejo alguém oferecendo o lugar num coletivo, a uma senhora, sem ser o assento preferencial, ainda acredito na bondade.

Quando vejo uma troca de olhares singelos entre irmãos, ainda acredito na familia;

Quando vejo um sincero "me desculpe", ainda acredito na humildade;

Ao perceber, por um instante, o barulho silencioso de uma brisa marítima, ah...acredito na natureza;

Ao ver o sorriso de um bebê, de poucos meses de vida, nossa, como acredito na esperança;

Quando essencialemente reparo e presencio: Com licença, por favor, obrigado, conte comigo, posso ajudar?, deixe que eu carregue suas compras, vamos lá, deixe eu abrir a porta, primeiro as damas, eu seguro a porta do elevador pra vc, sentar depois que a dama sentou-se, dar passagem no trânsito, esperar pedestre atravessar, fazer pequenas, mas sinceras atitudes de cortesia diárias, ainda acredito na gentileza e educação.

É, no fundo, ainda sou um sonhador, de um mundo melhor, de pessoas melhores...

Ao presenciar o milagre do nascimento; o desapego da verdadeira amizade; o abraço afetuoso dos pais, a intensidade de um beijo com amor; ao sentir a presença de Deus em pequenos momentos de contemplação, em ter a certeza de que tudo pode melhorar, mesmo nas dificuldades, com muita fé, com muita benevolência, a qual nos foi ensinada pelo aniversariante divino do próximo dia 25: Eu acredito na paz e no amor de Jesus!!

A vcs que me acompanham, muito obrigado por mais um ano. Intenso, corrido, com altos e baixos mas com muita fé,esperança, e amor...o amor da paz de Deus!!

Um Natal abençoado e um ano novo estupendo e repleto de pequenos gestos de bondade, educação, gentileza e sucesso...o mais infinito sucesso a todos!!! Seja pessoal, profissional, seja simplesmente alcançar pequenas e valiosas vitórias!

Continuem comigo em 2011! Voltamos em janeiro se Deus quiser, com a nossa "programação + ou - normal ". 
Teremos como sempre...Um Pouco de tudo!!!
 Obrigado pelas quase 100.000 visitas!!
Até lá...


Robs

Ahhh, Marjorie!!!!

Existem postagens que dispensam quaisquer comentários! O marcador lá embaixo, da categoria desse post, fala por mim!! Hehe, Natasha?!? Natasha cresceu!!

Só uma dica, compre a Revista TRIP desse mês. Já comprei a minha...para fechar o ano com chave de ouro!

Ne me quitte pas...

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Pelo Interfone

Existe coisa mais "oitentista" que um interfone?
Pois é, esse aparelhinho foi uma febre nos anos 80. Tinha até curso de vendas para ele!


Nos anos 80, tudo que era novidade de tecnologia, fazia muito sucesso, pois, a própria tecnologia começa a engatinhar! Imagine vc, meu jovem de menos de 20 anos, uma vida sem celular e internet? Inimaginável para vc né? rs.


Bom, nessa decáda, o cantor Ritchie era "o cara" ! Muitos sucessos, roupas que hoje são de gosto duvidoso, mas na época era o boom!


Ritchie, entre tantos sucessos, gravou essa pérola: Pelo Interfone. A simplicidade da letra e poesia, contando uma história de amor ao final das contas, é para mim, o melhor que Ritchie fez. A melodia é bem "grudenta" ao estilo chiclete, cola no ouvido e mente e não sai mais...


Mais uma pérola direto do Tunel do tempo desse blog...



=====================================================
RELEMBRE TAMBÉM:

Anos 80 Nostalgia de felicidade
Tunel do tempo - Fantomas
Tunel do tempo - Melrose Place
Envelheço
Tunel do tempo Cazuza no Fantástico
Duble de corpo

domingo, 19 de dezembro de 2010

OK - A palavra mais dita do planeta!


“Oquei”, a palavra “mais falada e digitada do planeta”, surgiu como uma piada. Foi como uma brincadeira que um jornal de Boston criou, em 1839, a expressão “O.k.”, que designava “tudo certo” e que se propagou a ponto de ser reconhecida hoje em qualquer parte do mundo. A origem “improvável” e a trajetória do termo são objeto de um estudo recém-publicado nos Estados Unidos. Segundo o linguista Allan Metcalf, autor do livro “OK”, ela é a invenção mais sensacional da língua inglesa, e é difícil explicar por que é tão bem sucedida.
“O.k. é muito incomum, e palavras incomuns dificilmente entram no vocabulário popular. Foi uma combinação muito estranha de coincidências que ajudou essa palavra, que surgiu como uma brincadeira, a se tornar tão importante”, disse, em entrevista ao G1.
Para ele, o som da combinação dessas duas letras é muito importante, e até mesmo o formato de OK, com uma letra tão redonda e outra tão pontiaguda, ajudou a prendê-la no vocabulário. “Outras palavras semelhantes, como OW, que foi uma opção criada na mesma época, não têm o mesmo efeito e não chegaram tão longe”, disse.
O som, “oquei”, também foi responsável pela divulgação internacional do termo, diz. Seu som é importante, pois quase todos os idiomas têm letras que soam similares ao O e ao K, e aceitam bem a combinação das duas.
História e versões
Nos anos 1830, um jornal de Boston tinha o hábito de brincar com o idioma e transformar expressões em siglas, novas palavras compostas pelas iniciais. Junto a termos ilegíveis como W.O.O.O.F.C. (with one of our first citizens - com um de nossos primeiros cidadãos) e R.T.B.S. (remais to be seen - Ainda precisa ser visto), a edição de 23 de março de 1839 trazia pela primeira vez o termo “o.k. – all correct”. Era uma brincadeira que trocava as primeiras letras do “all correct” (tudo certo), de acordo com o som delas na palavra. Uma brincadeira que gerou a palavra “mais bem sucedida da língua inglesa”, segundo Metcalf.
Esta história do termo, reforçada pelo livro de Metcalf, já foi comprovada por diversos estudos nos Estados Unidos. Mesmo assim, ao longo dos mais de 170 anos em que O.k. foi usada, não faltaram pesquisas a divulgar versões alternativas para o surgimento da palavra. “A história é tão simples que às vezes parece insultar nossa inteligência. Faz com que precisemos de algo mais interessante, mesmo que não seja verdadeiro”, justifica o linguista.
Em seu livro, Metcalf apresenta nada menos de que 18 dessas versões, tanto nos Estados Unidos quanto em outros idiomas. A que mais o surpreendeu, contou, era uma que dizia que O.k. era uma variação de “okeh”, um termo indígena usado pela tribo choctaw como "está certo", no fim das frases. “Essa versão enganou muitos professores de renome, e isso foi uma coisa muito estranha para mim.”

Tecnologia e futuro
O sucesso de O.k. está muito ligado à tecnologia, Metcalf explica. A palavra surgiu na mesma época em que se desenvolviam as primeiras formas de comunicação por telégrafo e se consolidou como termo de confirmação neste tipo de diálogo à distância. Com o advento da informática, ele ganhou ainda mais força ao se tornar sinônimo de “sim”, de “aceitar”, de “faça”, em comandos no computador.
À medida que a internet se consolidou, o modelo de criação de palavras com iniciais se tornou mais popular em todo o mundo. Em inglês, a cada dia aparecem novas siglas que são usadas como se fossem palavras, frases inteiras resumidas em poucas letras, para acelerar o diálogo.
Segundo Metcalf, entretanto, não há possibilidade de nenhuma dessas novas palavras ganhar a força que O.k. tem atualmente. “Não consigo imaginar que nenhuma outra palavra nova possa chegar perto de O.k. A palavra se tornou tão importante, que é quase impossível que algo semelhante aconteça novamente. O.k. é impressionante por isso. É o último dinossauro vivo dessa geração de palavras inventadas como piada nos anos 1830, e como último dinossauro, se tornou mais atraente, interessante e mais valorizada”, disse.
Filosofia
Metcalf não é modesto em sua defesa do O.k. Além de chamar a palavra de “a mais bem sucedida” e “mais falada”, ele diz que ela é “a resposta americana a Shakespeare. É uma filosofia inteira expressa em duas letras”.
O pesquisador explica que os americanos nunca foram muito afeitos a pesquisas filosóficas, e sempre preferiram estudos mais práticos e diretos. “O.k. representa este pragmatismo da mentalidade norte-americana, de querer que as coisas funcionem e completar os objetivos, mesmo que não busque a perfeição e a explicação para tudo”, disse.
Por outro lado, completou, graças ao livro “Eu estou O.k. Você está O.k.”, Best seller de autoajuda escrito por de Thomas A. Harris, “O.k. se tornou um símbolo da tolerância, que também é parte importante da nossa filosofia. Esta expressão estimula a ideia de que é aceitável ser diferente na sociedade, o que é bem importante em nossa filosofia.”

Fonte: Site G1 mundo

Lanterna Verde - Trailer - Estréia em 2011

Eu sempre vibro quando decidem fazer filmes baseados em quadrinhos.


Tive uma infância e adolescência, e até parte da vida adulta, rodeado de quadrinhos. Sou fanático por essa arte.
Sou tb critíco com esses filmes, acho que adaptação é adaptação, mas não se pode matar uma origem, estragar com a história de lendas dos quadrinhos. Uma coisa ou outra mudar, devido a linguagem do cinema até tudo bem, mas por exemplo, o que fizeram com o Batman nos primeiros e fracassados filmes, não pode ocorrer!


Bom, minha expectativa agora é grande. Lanterna Verde é um dos meus favoritos! É muito rica a sua história, seu enredo e acompanhava como louco as histórias de Hal Jordan nos quadrinhos! 


Esse herói, poucos conhecem, mas quem acompanha quadrinhos, sabe que ele é uma lenda e um dos mais importantes do universo DC! Pra mim, um dos mais, se não o mais poderoso ( Super Homem a parte).


O Trailer abaixo, dá só um tom do que pode ser o melhor filme de herói feito ao universo DC.


Que minhas expectativas sejam correspondidas, fico ansiosamente na espera, afinal:


" No dia mais claro, na noite mais densa, o mal sucumbirá, ante a minha presença!"




quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A mágica seleção de 82! Baú do Blog du Robs.

Agradecendo as pessoas que votaram na minha pesquisa, do que mais gosta de ver nesse blog, coloco esse vídeo magnífico, da seleção mais campeã de todas, sem ter ganho a copa!
Eu era muito moleque, mas vi e lembro desses maravilhosos lances!


Alguém poderá parar a chuva?




Quem Parará A Chuva?
Tanto tempo quanto consigo me lembrar
A chuva caía
Nuvens de mistério jorravam
Confusão no solo
Os homens bons através das gerações
Tentam encontrar o sol
E eu me pergunto, Ainda me pergunto
Quem irá parar a chuva?

Eu fui até a Virgínia
Buscando abrigo da tempestade
Caí naquela velha fábula
Assisti a torre crescer
Planos de cinco anos e novos acordos
Enrolados em correntes de ouro
E eu me pergunto, Ainda me pergunto
Quem irá parar a chuva?

Ouvíamos os cantores tocando
Como nós aplaudíamos por mais!
A multidão se aglomerou
Tentando se manter aquecida
A chuva continuava caindo
Caindo em meus ouvidos
E eu me pergunto, Ainda me pergunto
Quem irá parar a chuva?

Moda Praia Verão 2011

Moda praia verão 2011!! Esse Biquíni vai bombar!
E ai mulherada, vão aderir? rs.






sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Ninguém é insubstituível?

INSUBSTITUÍVEL E ÚNICO.

Na sala de reuniões de uma multinacional, o diretor nervoso fala com sua equipe de gestores.

Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um, ameaça: "ninguém é insubstituível".

A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio.

Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça.

Ninguém ousa falar nada.

De repente, um braço se levanta e o diretor se prepara para triturar o atrevido:

- Alguma pergunta?

- Tenho sim.

- E Beethoven?

- Como? – encara-o o diretor confuso.

- O senhor disse que ninguém é insubstituível. E quem substituiu Beethoven?

Silêncio...

O funcionário fala então:

- Ouvi essa estória esses dias, contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso. Afinal, as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo, continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que, quando sai um, é só encontrar outro para por no lugar.

Quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Zico? ...

Todos esses talentos marcaram a história fazendo o que gostavam e o que sabiam fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E, portanto, são sim insubstituíveis.

Cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa.

Está na hora de os líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar seus 'erros’ ou ‘deficiências'.

Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso era instável, Caymmi preguiçoso, Kennedy egocêntrico, Elvis paranóico...

O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos.

Cabe aos líderes de sua organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.

Se seu gerente ou coordenador ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe, corre o risco de ser aquele tipo de líder ou técnico que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo. E, na gestão dele, o mundo teria perdido todos esses talentos.


Seguindo esse raciocínio, caso pudessem mudar o curso natural, os rios seriam retos, não haveria montanhas, nem lagoas, nem cavernas, nem homens, nem mulheres, nem sexo, nem chefes nem subordinados... apenas peças.

Nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões 'foi pra outras moradas'. Ao iniciar o programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim: "Estamos todos muito tristes com a 'partida' de nosso irmão Zacarias... e hoje, para substituí-lo, chamamos... Ninguém!... pois nosso Zaca é insubstituível".

Portanto, nunca esqueça: Você é um talento único... com toda certeza ninguém o substituirá!

"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso”.



No mundo sempre existirão pessoas que vão amar você pelo que você é... e outras que vão odiá-lo pelo mesmo motivo... Acostume-se a isso, com muita paz de espírito... É bom para refletir e se valorizar!

Um bom dia, insubstituível!

(Autor desconhecido)
===================================
Poderá gostar também de:

E se eu perdesse minha fé?
O vento canta
Mudanças
Gentileza
2 passos pra trás para dar cinco a frente

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

O melhor amigo do homem?

Cão Filho da P...
rs.




terça-feira, 16 de novembro de 2010

Dica de filme - Legião

Nome do Filme:Legião
Nome Original: Legion
Género:Ação /Suspense/Fantasia
Ano:2010
Diretor: Scott Stewart
Elenco: Dennis Quaid, Paul Bettany, Kevin Durand, Doug Jones, Kate Walsh, Lucas Black, Tyrese Gibson, Adrianne Palicki, Willa Holland, Charles S. Dutton.
Produção: David Lancaster, Michel Litvak
Roteiro: Peter Schink, Scott Stewart
Fotografia: John Lindley
Trilha Sonora: John Frizzell
Duração: 100 min./ 1:35 Min
Ano: 2010
País: EUA
Distribuidora: Sony Pictures

Sinopse: No suspense de ação sobrenatural Legião, uma lanchonete afastada torna-se um improvável campo de batalha que assegurará a sobrevivência da raça humana. Quando Deus perde a fé na humanidade, ele envia seu exército de anjos para iniciar o Apocalipse. A única esperança da humanidade reside em um grupo de pessoas que não se conhecem e que estão na lanchonete deserta, incluindo uma grávida do messias e no Arcanjo Miguel (Paul Bettany).

Deus perdeu a fé na humanidade e, enquanto o arcanjo Miguel (Paul Bettany, o Silas, aquele de cabelo branco/loiro de “O Código Da Vinci”) separa os homens de um apocalipse, um grupo de pessoas precisa dar à luz uma criança que é, na verdade, a segunda vinda de Cristo à Terra. A direção é do estreante Scott Stewart, membro da companhia de efeitos especiais The Orphanage, habituada a criar os CGIs de filmes de ação como “Duro de Matar 4″ e “Piratas do Caribe 2″.
Fora que o Elenco ainda temos alguns outros nomes conhecidos, como Dennis Quaid, LucasBlack (aquele moleque do “Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio”), Kevin Durand (de“Wolverine Origins”, “Lost“, e do filme do Robin Hood que ainda está por vir).


Comentários Du Robs: Para quem gosta do estilo “profecias” e “anjos” esse é um bom filme! Os efeitos especiais não são os melhores do cinema, mas não deixam a desejar também!O que tem de efeito especial é bem feito e produzido! A história é baseada nos quadrinhos e é bem interessante sim! Uma visão do apocalipse, entre tantas outras. Vale à pena assistir, alguns sustos ocorrem e deixa uma imagem mais crua, mais real do “pega pá capá” que seria um apocalipse comandado por anjos! Gostei muito do filme e o destaque para Dennis Quaid, como sempre, com uma atuação convincente!

Nota Du Robs: 8

Trailer:

=====================

Mais dicas de filmes? Clique abaixo:

Número 23
As duas faces da lei
Distrito 9
O melhor dos csis e o melhor CSI
O Procurado

O importante é o que você é!



Jamais esqueça: aparência não é tudo. Se vestir super bem, andar num carrão do ano, usar o melhor perfume, ganhar um excelente salário – tudo isso é ótimo, mas não basta! Seja em que situação for, a sua aparência externa é consumida em segundos. O que faz com que uma pessoa realmente se destaque e seja admirada são os valores que ela carrega e se apresentam em suas atitudes. Uma pessoa só sustenta sucesso e admiração pela capacidade de demonstrar o que tem por dentro.

sábado, 6 de novembro de 2010

Desconstruindo Amélia - Pitty

Essa música é sensacional! Além do som, com as bases bem definidas, soando em nossos ouvidos. A letra é 10!
Eu sei, sou suspeito, adoro Pitty. Mas acho essa canção especial. Conheço muitas mulheres, amigas, parentes, amores que como diz a canção "a despeito de tanto mestrado, ganha menos que o namorado e não entende o porquê".
Essas mulheres que resolvem que são mais elas, são decididas, apesar de tudo, lutam, trabalham e com a doçura feminina, dão jeitinho a quase tudo, viram a mesa mesmo! E sempre precisam de carinho, apesar de tanta força. E nós, fazemos questão de dar esse carinho. Eu pelo menos faço! rs.

Mas, a frase da música que marca essas mulheres é "Hoje aos 30 é melhor que aos dezoito"!! Essa frase diz tudo! Vcs são incríveis e adoráveis! O encanto, o charme, a beleza e a maturidade da mulher de 30, 30 e poucos é inigualável! São mulheres apaixonantes! Nem servas, nem objetos!
Pitty cada vez mais, acerta em cheio! O Toque especial da participação das "meninas" de 30 nesse clipe ficou show!
Esse vídeo é pra vocês minhas meninas-mulheres...e vamos..desconstruir a Amélia de cada uma de vcs!




Já é tarde, tudo está certo

Cada coisa posta em seu lugar
Filho dorme ela arruma o uniforme
Tudo pronto pra quando despertar
O ensejo a fez tão prendada
Ela foi educada pra cuidar e servir
De costume esquecia-se dela
Sempre a última a sair
Disfarça e segue em frente
Todo dia até cansar
Uooh
E eis que de repente ela resolve então mudar
Vira a mesa
Assume o jogo
Faz questão de se cuidar
Uooh
Nem serva, nem objeto
Já não quer ser o outro
Hoje ela é o também
A despeito de tanto mestrado
Ganha menos que o namorado
E não entende porque
Tem talento de equilibrista
Ela é muita se você quer saber
Hoje aos 30 é melhor que aos 18
Nem Balzac poderia prever
Depois do lar, do trabalho e dos filhos
Ainda vai pra nigth ferver
Disfarça e segue em frente
Todo dia até cansar
Uooh
E eis que de repente ela resolve então mudar
Vira a mesa
Assume o jogo
Faz questão de se cuidar
Uooh
Nem serva, nem objeto
Já não quer ser o outro
Hoje ela é o também
Uuh
Disfarça e segue em frente
Todo dia até cansar
Uooh
E eis que de repente ela resolve então mudar
Vira a mesa
Assume o jogo
Faz questão de se cuidar
Uooh
Nem serva, nem objeto
Já não quer ser o outro
Hoje ela é o também

==========================================

Reveja também:

Pitty - Me adora
Milla Jovovich
A mulher de cada signo
Dia internacional da mulher
Anos 80, nostalgia de felicidade

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Scooby-Doo, Cadê Você?

Hehehe, estou com essa frase na cabeça!!!

Scooby-Doo, Cadê Você?kkkk. Vale a pena relembrar!




domingo, 31 de outubro de 2010

Compreender o indivíduo



Todos nós temos uma conta bancária emocional com outras pessoas, cujo fundo é uma reserva de confiança. Essa reserva – para se manter em alta – necessita de depósitos constantes, como gentileza, cortesia, atenção, respeito, atenção, carinho, e assim por diante. 

Tentar compreender realmente a outra pessoa é provavelmente um dos depósitos mais importantes que se pode fazer, além de ser a chave para todos os outros. Isso porque você simplesmente não sabe
o que constitui um depósito para a outra pessoa, até entendê-la como indivíduo. Afinal, o que pode ser um depósito para você – sair para dar uma volta e conversar sobre os problemas, ir tomar um sorvete, trabalhar em um projeto comum – pode não ser entendido como tal pelo outro... Ou seja, a missão de uma pessoa pode ser apenas um “detalhe” para a outra...
 



Nossa tendência é projetar nossa própria experiência de vida naquilo que acreditamos que as pessoas querem ou precisam... Nossa interpretação do que constitui um depósito se baseia em nossas necessidades e desejos... E o que é pior, se os outros não consideram nosso esforço como um depósito, tendemos a tomar essa reação como uma forma de rejeição a nossas boas intenções, e desistir. 

A ‘regra de ouro’ diz: “faça aos outros o que deseja que façam a você”. Apesar da objetividade dessa frase,
acredito que seu significado essencial seja: entenda os outros em profundidade – como indivíduos – do mesmo modo como você gostaria de ser compreendido, e depois trate-os em função dessa compreensão.

Um pai bem sucedido disse a respeito da educação dos filhos:
“trate a todos igualmente, tratando como um de forma diferente”.
 
(por Stephen R. Covey no livro "Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes")
================================================
Vale a pena também ler:

Ciclos
Se fosse fácil não teria graça
Ninguém é perfeito
O poder das palavras
O paradoxo do nosso tempo

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Curiosidades sobre os Simpsons


RobSimpson apresenta


Curiosidades sobre os Simpsons:

domingo, 17 de outubro de 2010

Salve George!



By Piletas
=====================
Vale e pena ver também:

Barão Vermelho e Cazuza
Creedence
Minha preferida da Legião

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Encorajamento



O escritor Mark Twain advertiu: “Fique longe de pessoas que tentam diminuir as suas ambições. Pessoas pequenas sempre fazem isso, mas as realmente grandes, fazem com que você sinta que também pode tornar-se grande”.

Como é que a maioria das pessoas se sente quando está perto de você? Sentem-se pequenos e insignificantes, ou acreditam em si mesmos e têm esperanças sobre aquilo que podem vir a ser?

(...)

Poucas coisas ajudam tanto uma pessoa quanto o encorajamento. George M. Adams chamou-o de “oxigênio para a alma”. O filósofo e poeta alemão Johann Wolfgang von Goethe escreveu: “A correção faz muito, mas o encorajamento após a censura é como o sol depois da tempestade”. E William A. Ward revelou seus sentimentos quando disse: “Lisonjeie-me, e não acreditarei. Critique-me, e talvez não goste de você. Ignore-me, e talvez não lhe perdoe. Encoraje-me, e nunca lhe esquecerei”.
(...)

Uma história maravilhosa sobre o cuidado e o encorajamento conta que havia um garoto chamado Tommy que passou por um período de muitas dificuldades na escola. Fazia continuamente muitas perguntas, não conseguia manter-se calado. Parecia que falhava cada vez que tentava fazer alguma coisa. Sua professora finalmente desistiu dele, e disse para sua mãe que ele não tinha condição de aprender e nunca alcançaria muitas coisas. Mas a mãe de Tommy era uma pessoa que cuidava de outras pessoas. Sabia encorajar. Ela acreditava nele. Ela passou a estudar com ele em casa, e a cada vez que ele falhava, ela lhe dava esperanças e encorajamento para continuar tentando.

O que aconteceu com Tommy?
Tornou-se um inventor com mais de mil inventos patenteados, incluindo a vitrola e a primeira lâmpada elétrica incandescente, comercialmente viável. Seu nome era Thomas Edison.

Quando as pessoas são encorajadas, é impossível prever o quão longe podem chegar. A falta de encorajamento pode impedir uma pessoa de viver uma vida saudável e produtiva. Mas quando a pessoa se sente encorajada, ela pode enfrentar o impossível e superar adversidades incríveis. E a pessoa que fornece o presente do encorajamento se torna aquela que faz diferença em sua vida.

Vou repetir, então, a pergunta do início do texto:
Como é que a maioria das pessoas se sente quando está perto de você?

Texto adaptado do livro Insight II. - Daniel Carvalho Luz.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Que sincronismo!!!!

Pa-panamericano!!! Sapateado com as mãos!!!rs

domingo, 3 de outubro de 2010

Emocione-se com a vida


Qual a capacidade que você tem de se emocionar com a vida ? Sem apelar para sentimentos básicos como perdas, frustrações, casamentos, filhos, pais? A vida, esse milagre que se processa em você, é inspiração suficiente para provocar uma emoção, dessas indizíveis?

Dessas emoções de olhar para o alto e imaginar um Deus, que você nem sabe como é ou mesmo se existe, e dizer obrigado? A sensação de estar vivo é algo emocionante, ou não passa de algo que você não entende e nem quer entender?

Você simplesmente vai vivendo sem mais pensar a respeito sobre o mistério da sua existência?

Se você é do tipo de pessoa que reverencia a vida em todas as suas as formas, certamente, não terá grandes problemas na sua trajetória por este mundo. A cada nova manhã você receberá a vida renovada como um presente e isso bastará para uma motivação original.

Você faz parte de um universo de possibilidades e de infinitas preciosidades a serem descobertas. Se está pronto para viver grandes emoções nas coisas mais simples, e nada lhe faltará.

Tenha você muito ou nenhum dinheiro!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Eleições 2010 - Ta chegando a hora!!!

Dia 03 tá logo aí!! Vamos ficar ligados pessoal!!!
Esse vídeo do Felipe Neto vai direto no ponto!!!Vale a pena ver até o final!! Bela, atual e verdadeira critíca!!



==============
NA DÚVIDA VEJAM DE NOVO:

Eleições 2010 - A hora do voto

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Eleições 2010 - A hora do voto

A matéria ficou um pouco grande,eu sei, mas acho que vale a pena uns minutos para leitura e reflexão - Robs.
Pouco menos de 1 mês para as eleições.


Dá um desânimo né? Política quase sempre lembra maracutaia, roubo, safadeza...
Tá difícil escolher né? Infelizmente, pela falta de qualidade dos candidatos, temos poucas opções de voto em todos os cargos. Opções de qualidade eu digo, pois de quantidade temos muitas!!
Precisamos entender que realmente é essencial conhecer seu candidato, seu passado, seus serviços prestados e principalmente seu caráter. Não é tarefa fácil, eu sei, mesmo quem tem acesso a informações, internet, TV, jornais, fica complicado, ainda mais numa eleição como essa, de vários cargos eletivos. É preciso sim investigar!!
- Não confie cegamente nas propagandas eleitorais.
- Não vote por conveniência.
- Não vote em partidos, vote em pessoas, independente do partido. Vote no que vc acredita!
- Não vote em sucessores, achando que ele será e fará o mesmo que o anterior (caso vc tenha gostado do anterior). Analise a ficha de seu candidato, independente de quem está indicando.
- Nunca, jamais, vote por troca de favor.
- Conheça mesmo as propostas do candidato, veja se no mínimo é cabível, viável.
- Lembre-se, não existem milagres na política! Não acredite em promessas descabidas.
- Existem políticos honestos? Bom, acreditar que todos são desonestos é muito triste, se pensarmos assim, é melhor desistir mesmo. Procure...vc acabará encontrando alguém com honestidade.

Eu acredito que as pessoas devem também saber no que tão votando, o que cada cargo representa na sua vida, o que muda, o que cada cargo faz realmente no cenário político e o que isso pode influenciar na sua vida.



Lavar as mãos? Abster-se? Votar nulo? Olha, respeito quem pensa assim e acho até válido. O ideal mesmo seria a maioria dos eleitores votarem nulo, caso os candidatos sejam tão ruins, para anular a eleição e esses “ruins” não voltarem numa segunda eleição. Mas é muito difícil de isso acontecer, todos no final acabam votando em alguém. Então, por isso, eu acho importante a campanha não reeleja ninguém. Na prática, vc deve votar em candidatos novos, que não estão disputando reeleições, assim, mesmo que de forma arriscada de certo ponto, vc renovaria o cenário político, dizendo alto e em bom som: Vcs que estão aí não prestam!


Nos sites Transparência Brasil e no próprio site do TSE (http://divulgacand2010.tse.jus.br/divulgacand2010/) é possível verificar se seu candidato responde a algum processo, suas prestações de conta e várias informações.

Pessoal, vamos escolher com calma o que fazer, concordando ou não com uma “democrática eleição” de voto obrigatório, devemos tentar escolher o melhor , não só para vc mesmo, mas para um coletivo maior, que no final das contas, será melhor pra vc também!

O que faz cada cargo? Abaixo tire suas principais dúvidas:
Governador(Aqui, é de suma importância alguém honesto, se existir, e preocupado, comprometido com a população, as decisões de um governador são sentidas muito de perto).

Ao falarmos da figura do governador, devemos primeiro salientar que esse tipo de cargo executivo é bem mais antigo que o aparecimento dos regimes republicanos e federativos. Já na Antiguidade, os grandes reinados e impérios contavam com a figura de administradores de confiança que executavam as ações do governo central e resolviam as questões imediatas. Nesse aspecto, os governadores tinham por função essencial dinamizar o processo administrativo e o cumprimento das leis.

Observando a organização política de diferentes nações e civilizações, podemos ver que o cargo de governador apareceu com o uso de outros nomes ao longo do tempo. No Brasil Contemporâneo, o cargo de governador é posto como o de líder máximo do Poder Executivo de um Estado da federação. Na condição de chefe, ele deve representar o seu Estado nas mais importantes questões políticas, administrativas e jurídicas que envolvam os interesses da mesma região.

O mandato de um governador do Brasil dura quatro anos e pode se estender por igual período se o mesmo for reeleito pelo voto direto. Nos Estados Unidos, a escolha de um governador acontece a partir da votação em um conjunto de delegados que representam a intenção de voto em determinado concorrente. Mesmo não sendo democrática, a China também tem seus governadores. Nesse caso, cada um deles é indicado pelo presidente do país.

No regime político brasileiro, o governador tem autonomia para organizar um secretariado que trata das mais variadas questões de seu Estado. Assim como um presidente da República, ele tem autonomia para tomar diversas decisões e oferecer projetos de lei estaduais, desde que esses não firam os princípios postulados pela Constituição Federal. Caso não administre bem as finanças de seu Estado, o governador pode ser julgado por crime de improbidade.

Em termos práticos, a ação governamental estabelece um processo de descentralização do poder político capaz de acelerar várias questões políticas, econômicas e sociais de âmbito regional e local. Apesar de sua utilidade, o exercício do cargo de governador pode estabelecer situações de conflito político, quando o mesmo não segue ou concorda com as diretrizes do governo central. De tal modo, o governador deve ser hábil no equilíbrio entre as demandas de seu Estado e as exigências da federação.

Deputado Federal (Escolha alguém com experiência, mas cuidado com os experientes em “meter a mão” na nossa grana, lembre-se: esse sujeito vai representar o seu estado em Brasilia).
O Poder Legislativo do Brasil é formado pelo Senado Federal e pela Câmara dos Deputados. O deputado federal é o representante do povo no Congresso Nacional e seu mandato é de 4 anos, não havendo limite para a reeleição. Para se candidatar a esse cargo é preciso atender os seguintes requisitos:
- Ter idade mínima de 21 anos;
- Estar inscrito em algum partido político;
- Ter nacionalidade brasileira;
- Estar filiado em algum partido político;
- Possuir domicílio eleitoral no estado pelo qual está concorrendo ao cargo;
- Ter pleno exercício dos direitos políticos.
A Câmara dos Deputados é composta por 513 membros, que recebem um salário mensal de aproximadamente R$ 16.000,00. A quantidade de deputados é estabelecida no ano anterior às eleições, pois o número de representantes por cada estado é fixado conforme o quantitativo de habitantes de cada unidade federativa. Nesse sentido, estados mais populosos elegem mais deputados federais. No entanto, o número máximo de deputados por estado é de 70 e o número mínimo, 8.

A principal função desse cargo é a elaboração de leis. Conforme a Constituição da República Federativa do Brasil, outras importantes atribuições dos deputados federais são:

- Elaborar seu regimento interno;
- Fiscalizar os atos do Poder Executivo;
- Autorizar, por dois terços de seus membros, a instauração de processo contra o Presidente e o Vice-Presidente da República e os Ministros de Estado;
- Proceder à tomada de contas do Presidente da República, quando não apresentadas ao Congresso Nacional dentro de sessenta dias após a abertura da sessão legislativa;
- Eleger membros do Conselho da República, nos termos do art. 89, VII.

Deputado Estadual (O ideal é escolher alguém mais próximo a vc, se vc o conhecer pessoalmente, melhor ainda, pois o Dep Est. pode trazer benefícios/recursos a sua região, aos municípios do estado e estará mais próximo, na assembléia legislativa).


Recebe o nome de deputado, o candidato que foi eleito pelo povo para ser seu representante no parlamento. Segundo a Constituição Federal de 1988, deputado estadual é um detentor de cargo político, que tem a incumbência de representar o povo na esfera estadual. Para um candidato ser eleito, é considerada a votação de seu partido político ou coligação de partidos, além da votação recebida pelo candidato.

O deputado Estadual desenvolve suas funções na Assembléia Legislativa Estadual. Em situações normais, seu mandato é de quatro anos. Entretanto, o candidato pode concorrer à reeleição diversas vezes, sem haver uma quantidade limitada de mandatos.

Sua função principal no exercício do cargo é legislar, propor, emendar, alterar e revogar leis estaduais. Além de fiscalizar as contas do governo estadual, criar Comissões Parlamentares de Inquérito e outras atribuições referentes ao cargo.

Senador (Esse é um cargo de suma importância para o país! Cuidado, eleja com muita sabedoria)
O Senado Federal, juntamente com a Câmara dos Deputados, compõe o Congresso Nacional, que é o Poder Legislativo do Brasil. Conforme a Constituição da República Federativa do Brasil, para se candidatar ao cargo de senador é necessário ter nacionalidade brasileira; idade mínima de 35 anos; estar inscrito em algum partido político; possuir domicílio eleitoral no estado pelo qual está concorrendo ao cargo e ter o pleno exercício dos direitos políticos.
O senado brasileiro é composto por 81 representantes, sendo 3 de cada unidade federativa do Brasil, inclusive do Distrito Federal. A cada quatro anos, elege-se alternativamente um ou dois senadores por estado, e o mandato tem duração de oito anos, não havendo limite para a reeleição. Atualmente (2010), o salário de um senador é de aproximadamente R$ 16.000,00, além de uma série de benefícios: salários extras (13°, 14° e 15°), auxílio moradia, cotas aérea, verbas para gastos no escritório e contratação de funcionários, entre outros.
Entre as principias atribuições dos senadores estão:
- Elaborar seu regimento interno;
- Processar e julgar o Presidente e o Vice-Presidente da República, os Ministros do Supremo Tribunal Federal, Membros do Conselho de Justiça e do Conselho Nacional do Ministério Público, Procurador-Geral da República, Advogado Geral da União, Ministros de Estado e os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica;
- Aprovar a escolha de: Ministros do Tribunal de Contas indicados pelo Presidente da República; Presidentes e Diretores do Banco Central; Governador de Território; Procurador-Geral da República; Titulares de outros cargos que a lei determina;
- Autorizar operações externas de natureza financeira, de interesse da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Territórios e dos Municípios;
- Fixar, por proposta do Presidente da República, limites globais para o montante da dívida consolidada da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios;
- Aprovar, por maioria absoluta e por voto secreto, a exoneração, de ofício, do Procurador-Geral da República antes do término de seu mandato.

Presidente (Aqui, muita calma nessa hora. Deixe-se levar apenas pela sua consciência!)
O presidente exerce a função de chefe do poder Executivo e também de chefe de Estado (autoridade máxima) em uma nação cujo sistema de governo é o presidencialismo. No Brasil, ele é eleito pelo voto direto, sendo o representante do povo no âmbito federal. O mandato tem duração de 4 anos, podendo se estender por mais 4 anos, através de novas eleições. A moradia oficial é o Palácio da Alvorada, em Brasília, no Distrito Federal. Atualmente (2010), o salário do presidente do Brasil é de R$ 11.420,00.
Os critérios para se candidatar ao cargo político de maior responsabilidade do país seguem a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.
-Ter idade mínima de 35 anos;
- Ser brasileiro nato;
- Ter o pleno exercício de seus direitos políticos;
- Ser registrado em algum partido político;
- Ter domicílio eleitoral no Brasil;
- Não ter substituído o atual presidente nos seis meses antes da data marcada para a eleição.
Quando eleito, o presidente da República tem, entre outras, as seguintes funções:
- Nomear e exonerar os Ministros de Estado;
- Conduzir a política econômica;
- Exercer, com o auxílio dos Ministros de Estado, a direção da administração federal;
- Editar medidas provisórias com força de lei em caráter de urgência;
- Aplicar as leis aprovadas;
- Vetar projetos de lei, total ou parcialmente;
- Manter relações com Estados estrangeiros e indicar seus representantes diplomáticos;
- Decretar o estado de defesa e o estado de sítio;
- Decretar e executar a intervenção federal;
- Exercer comando supremo das Forças Armadas, nomear Comandantes da Marinha, do
Exército e da Aeronáutica, promover seus oficiais-generais e nomeá-los para os cargos que lhe são privativos;
- Declarar guerra, no caso de agressão estrangeira, quando autorizado pelo Congresso Nacional ou referendado por ele;
- Enviar ao Congresso Nacional o plano plurianual, o projeto de lei de diretrizes orçamentárias e as propostas previstas nesta Constituição;
- Exercer outras atribuições previstas na Constituição da República Federativa do Brasil.
Fonte de pesquisa sobre os cargos: Site Brasil Escola

Votem consciente, mais importante, votem consciente consigo mesmo, ouça, discuta,debata, mas no final, vote com o que vc acredita!! Com suas convicções e seus ideais! Não deixe se levar pelos outros!
Boa eleição a todos! E sorte ao nosso futuro!

Fontes de consulta importantes:
http://www.transparencia.org.br/index.html
http://divulgacand2010.tse.jus.br/divulgacand2010/
http://www.fichalimpa.org.br/
http://www2.camara.gov.br/


===========================
Pode te interessar também:

Campanha não reeleja ninguém
Ética
Procurando o bode espiatório
A fome dos banqueiros do mundo
Eleições,a honestidade de 4 em 4 anos

A confiança (de braços abertos)


Uma das cenas mais bonitas entre pais filhos é ver uma criancinha correr de braços abertos em direção a seu pai ou sua mãe para se jogar neles com a maior felicidade. Ela sabe que vai ser amparada e acolhida com segurança e amor e por isso não tem a menor dúvida. Isto é, ela tem total confiança na vida. E o que faz alguém se lançar no mundo com essa mesma coragem, determinação e alegria?

Isso mesmo, a confiança. Confiança é uma questão de fé. Acredita-se que a fé pertence ao universo da religião, que está apartada da vida comum, mas isso não é verdade. É a fé que preenche o coração na hora de se atirar num projeto, se entregar em relacionamentos, perseguir um objetivo. Não se pode saborear plenamente a vida sem fé. Ela é o mais poderoso catalisador de energias.

Fé é muito mais que crença ou dedução de um raciocínio lógico. Ela é incondicional. Isto, é não depende de conclusões, lógicas, probabilidades, previsões. Muitas vezes, até, ela vai exatamente em direção oposta ao que tem chance de dar certo. A fé, basicamente, é um exercício dinâmico de coragem. E coragem é "ter o coração na ação". Quando se coloca o coração naquilo que se faz, a fé e a confiança impulsionam. Ultrapassa-se uma série de bloqueios e obstáculos, internos e externos, com resultados impossíveis de serem atingidos sem sua presença.

Por isso a confiança é tão poderosa. Pode ser a fé em Deus, ou a fé na vida, num sonho, num projeto... ela é fundamental para sua vida.

(texto de Liane Alves, publicado no site Vida Simples – abril/2008)
========================================================
Veja também:

Viver é perigoso
Portas
A difícil tarefa de julgar
E se eu perdesse a minha fé?