segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Discoteca básica - 13 Álbuns essenciais - Parte 2 - Nacionais

Conforme prometi no post: Discoteca basica 13 albuns essencias parte 1 ,venho agora apresentar a parte 2 dos 13 álbuns nota 10! Dessa vez, os nacionais. Lembrando que a regra é a mesma dos internacionais, comentando e resenhando os álbuns essenciais, mas somente dos que eu possuo! Da minha coleção de vinis e cds, pois se fosse comentar de todos os tempos e de todos que conheço, eu estaria perdido.

Bom, vale mais uma ressalva:
Lutei contra minha “Baronice/Cazuzística aguda”,rs...Mas vi que não adianta fugir disso. Não é porque sou fã de Barão e Cazuza que eu ia evitar citá-los, afinal, os álbuns são excelentes, fez, fizeram e fazem parte da minha vida e serei imparcial mesmo! Não tenho culpa também se o barão, com Cazuza ou não, é a maior e melhor banda de rock nacional, segundo minha modesta opinião.

Só não reparem se aparecer demais Cazuza e Barão na lista!

Os critérios utilizados para as posições do ranking são de caráter estritamente pessoal desse blogueiro. Mas são todos álbuns nota 10 e essencias! Aqueles tipos que vc não cansa de escutar. Vc precisa ter e ouvir.


Bom, isso tudo à parte, confesso que selecionar os 13 álbuns brasileiros foi tão ou mais difícil que os internacionais, então vamos a eles:


13 - Não religião – Ninguém me escuta.

Álbum bem trabalhado, a banda não teve muito destaque na mídia, mas era muito boa. Esse álbum reflete a luta de toda boa banda de garagem que é a de não perder a essência, apesar de esse já ser o terceiro deles! Ou seja, mantiveram as raízes rockeiras e não se popularizaram.
Vale ouvir, não sei se a banda continuou, mas tinha um grande potencial, como alguns já sabem, comecei a ouvir por causa da minha mana que adorava a banda.

Seu líder “Tatola” era um conhecido locutor de rádio da extinta “89 a rádio rock” de SP!

Qtos álbuns possuo da banda/artista: Somente esse. (Mais da minha irmã que meu, rs)

Dica do Álbum: Numa balada de rock nacional, regado a cerva, não pode faltar.
Eu destaco: Claro,a faixa 14 “Qualquer tipo de religião”, a melhor do disco.
Download do álbum: http://www.badongo.net/file/1888067


12 - Engenheiros do Hawaii – A revolta dos dândis.

* Procura-se meu disco!!! rs.

Engenheiros do Hawaii em estado bruto! Não, não no sentido pejorativo.
Segundo álbum dos gaúchos, apesar do excelente “Longe demais das capitais” que é o primeiro (em mais estado bruto ainda), aqui os Engenheiros mostravam o que seriam. Uma grande banda! O estado bruto que me refiro era por estarem começando...ainda...os primeiros passos.

Pena que pelo caminho eles se perderam um pouco. Mas um álbum que tem a revolta dos dandis, terra de gigantes, Infinita Highway, Refrão De Bolero, Vozes entre outras, logo no 2. disco da carreira, tem que ser destacado!

* Eu tinha esse disco em vinil, mas, emprestei...nem lembro sinceramente para quem, mas...nunca mais o vi! Mas posso contar que faz parte da minha coleção né: Não vou perder as esperanças dele reaparecer! *

Qtos álbuns possuo da banda/artista: 3
Dica do Álbum: Viagem pura, curta mesmo cada faixa desse disco!
Eu destaco: Vozes – faixa 08.

11 - Ira – Mtv ao vivo

A pegada do Ira ao Vivo!
Puro talento, esse disco gravado que na realidade virou um DVD, foi o primeiro disco ao vivo do quarteto paulistano em quase 20 anos de carreira, e o que se encarregou de trazê-lo de volta à cena de onde nunca deveria ter saído. No DVD (mais até que no disco), uma emoção muito especial está à espera de quem viveu um pouco sequer do rock dos 80: a alegria de ver que uma banda basicamente cult (salvo por alguns poucos sucessos de massa) sobreviveu, mais de 15 anos depois de jogada aos leões, somente pela força e pela integridade de seu trabalho.
Pena que a banda findou-se e parece que agora, de vez!

Qtos álbuns possuo da banda/artista: 3
Dica do Álbum: Vale a pena ter, ouvir e se possível, ver também, comprando o DVD. Álbum histórico de belos registros da carreira do Ira.
Meu destaque: Bebendo vinho! Ô música com a cara de uma balada! Minha preferida dele. Vai ver porque adoro vinho em baladas, principalmente em shows, acho a combinação perfeita! Vou me entorpecer bebendo vinho...

10 - Pitty – Admirável Chip Novo.

Suspeitíssimo.

Sou eu para falar de Pitty. Quem me conhece sabe o qto eu gosto dessa baiana rockeira!
Apesar de pouco tempo no cenário nacional, perto dos outros da lista, Pitty sempre mostrou a que veio. Caiu no gosto pop sim, mas seus dois álbuns são rock na essência!
Escolhi o admirável, por ter apresentado ao grande público (e a mim!) esse talento nacional que estava escondidinho lá na Bahia! Mas podia ser qualquer um dos dois álbuns dela, pois Anacrônico é sem comentários de tão bom!

Pitty é rock! E esse álbum é 10!

Qtos álbuns possuo da banda/artista: 2
Dica do Álbum: Bom de se ouvir a qualquer momento!
Eu destaco: A faixa título do álbum “admirável chip novo” é um tapa na cara da sociedade, uma realidade camuflada que nem sempre notamos!

9 - RPM – Revoluções por minuto

Não podia citar grandes bandas/álbuns do cenário brasileiro e não falar do RPM!
Revoluções por minuto fez o que o próprio nome diz: Uma revolução!
Claro que o disco seguinte Radio Pirata ao vivo foi o grande “boom” deles.
Mas, a grande fonte e inicio de tudo é aqui no revoluções.
Álbum que gruda nos ouvidos, juventude anos 80 retratada com fidelidade!
O ano 1985...as revoluções por minuto nunca mais pararam!

Qtos álbuns possuo da banda/artista: Somente esse.
Dica do Álbum: Para momentos de nostalgia oitentista.
Eu destaco: Juvenilia. E uma das canções mais tocadas até hoje: A Cruz e a espada, maravilhosa!

8 - Titãs - Titanomaquia.

Titãs é foda!
Essa é a melhor definição dos caras...Mais foda ainda é escolher um álbum apenas. Cabeça Dinossauro seria muito óbvio, Jesus não tem dentes é ótimo e Go Back excelente.
Bom, escolhi o álbum que mais escutei e ainda escuto dos titãs – Titanomaquia é um álbum que não recebeu todos os méritos que merecia, é um disco de pegada, bem ao bom e velho estilo titãs. E Disneylândia uma das mais inteligentes letras do rock nacional.
Da minha parte, esse álbum merece todos os loros!

Qtos álbuns possuo da banda / artista: 5
Dica do Álbum: Volume máximo para ouvir com certeza!
Eu Destaco: Disneylândia, a melhor do disco.

7 - Golpe de estado – Quarto golpe

Quem disse que o Brasil não tem uma banda legitima de hard rock?
Golpe de Estado é hard rock puro!!
Esse álbum é considerado por muitos, o melhor da carreira deles!
Aliás, por onde anda o Golpe hein? Se alguém souber, por favor me avise, pois o golpe não parece ser uma banda que abandona o barco! Deve estar na batalha, na estrada!
Tenho esse disco em vinil, mas quase arranhou todo de tanto ouvi-lo...
Aula de rock? Pode começar por aqui tranquilamente!

Qtos álbuns possuo da banda: Somente esse. ( Infelizmente, mas já ouvi outros tantos).


Dica do Álbum: Para sentir a essência do hard rock esse álbum faz-se necessário.
Meu destaque: “Caso sério” que é a mais famosa, e a honesta "Dias de Glória".
6 - Ira – MTV Acústico

Juro que tentei! Tentei fugir dos acústicos, mas não deu.
Não que eu não goste, pelo contrario, adoro! Mas, acho que caberia fazer uma relação a parte, só de acústicos.
Mas esse do IRA...sem comentários...Eita acústico bom demais, beirando a perfeição!
Para completar, os caras ainda dividem uma música com a Pitty! Ta de brincadeira né ? A música “ Eu quero sempre mais” ficou mais dela que do Ira!
No todo, disco excelente, que também funciona melhor em vídeo, mas esse é obrigatório ter!
Magnânimo!
Qtos álbuns possuo da banda:3
Dica do Álbum: A qualquer momento mesmo, não tem humor que não melhore com esse disco. Contagiante!
Meu destaque: Ficou óbvio: Eu quero sempre mais.


5 - Capital Inicial – Atrás dos olhos

Não é a toa que a banda está aí até hoje!
Competência é sinônimo de Capital Inicial! Vc já viu os caras ao vivo? São bons mesmo!
Pouco antes da onda dos acústicos, o qual o capital fez um dos melhores na minha opinião, vieram com esse despretensioso disco! Pura modéstia!
Atrás dos olhos é sem sombra de dúvida o álbum de melhor sonoridade da banda!
Tudo está perfeito, base, guitarras, bateria, vocal, letras...E a mixagem do disco é de primeiro mundo!
Ele quase passou despercebido, pois logo em seguida, como disse, veio o acústico, aí então já viu né? Muita gente nem sabia que existia capital antes do acústico!
Gosto muito dos álbuns “capital inicial” o primeiro, um clássico, pena que esse não tenho e “eletricidade”, que tenho (em LP), mas escolhi o atrás dos olhos, está mais completo, mais pronto, mais maduro. Se vc nunca ouviu, demorou!
Excelente!


Qtos álbuns possuo da banda: 4
Dica do Álbum: Não esqueça de aumentar o volume!
Meu destaque: Gosto do álbum inteiro, se for para destacar, fora os hits, “Atrás dos olhos” e “terceiro mundo digital” são ótimas!


4 – Barão Vermelho – Maior abandonado

Hehe. Começou....Barão...barão.
É complicado e ao mesmo tempo fácil falar de barão. Sou mais que fã. Sou seguidor aficcionado. Barão com Cazuza, Barão sem Cazuza, Cazuza sem barão...Não importa. Para mim, simplesmente a maior e melhor banda do rock nacional (não reparem, coisas de fã,rs). Bom, isto posto, vamos ao álbum.
Como vcs podem imaginar, tenho todos os álbuns do barão,, em cd, em vinil, em mp3, dvds...tudo que é possível eu tenho, com orgulho. Imagina selecionar apenas alguma coisa aqui para comentar: Quase impossível! Maior abandonado de 1984 marcou a saída do poeta maior Cazuza e a incrível marca de 100 mil discos vendidos, um feito para época.
Canções como: Bete Balanço, Milagres,Porque que a gente é assim,Baby suporte, Você se parece com todo mundo,além da música título, fizeram esse ser um dos melhores álbuns do rock nacional e do próprio Barão!
Caju detonando nos vocais, querendo novos vôos! o Barão ficaria só com um líder – Frejat, aliás, ele já era um líder, só faltava um empurrãozinho para ele iniciar também uma carreira do excelente cantor que é hoje, pois compositor e músico já era!
E um poeta ganhava o mundo...


Qtos álbuns possuo da banda: Todos
Dica do Álbum: Simplesmente, vc precisa ter, se realmente gosta de rock nacional é uma obrigação!
Eu destaco: Um destaque só, sem chance, destaco o disco todo!


3 - Legião Urbana – As quatro estações

Que atire uma pedra quem nunca teve em algum momento da vida uma canção qualquer da legião como trilha!


Seja para um amor, para um amigo, para um momento difícil, para um momento feliz, não importa. Conheço poucas pessoas que não tem.
Bom, eu mesmo tenho várias!
E falar de legião é complicado. Uma das maiores bandas brasileiras, com um dos compositores e poetas mais reconhecido do Brasil – Renato Russo, seu eterno líder.
Difícil, difícil...e escolher apenas um álbum somente, piorou!
Eu gosto de quase tudo da discografia da legião...Escolhi então o 4 estações por meros detalhes, apenas por ter sido o álbum que mais tive trilhas e momentos, de todos os tipos como citado acima.
Sem contar também que “Eu era um lobisomem juvenil” é uma das minhas canções prediletas, se é que dá para falar só de uma!
O Álbum mais vendido e de maior sucesso da Legião é um clássico! Mesmo empapuçado de tocar nas rádios! Muito, muito bom mesmo. Claro, o primeiro “Legião” é magnífico (Por Enquanto original marcou,perfeita), o “Dois” outro clássico, "Que país e esse", sem comentários. O "V" , pura viagem e o "Descobrimento do Brasil" estupendo!! Nossa falei demais da Legião Urbana...rsrs...Quatro Estações representa a essência da legião!


Qtos álbuns possuo da banda: 6
Dica do Álbum: Aprecie sem moderação, esse álbum, vicia!
Eu destaco: Eu era um lobisomem juvenil, sem dúvidas!


2 - Cazuza – Ideologia

Falando em poeta..rsrs...
Ideologia, o terceiro da carreira solo do nosso poeta, Olha. Gosto muito dos 2 anteriores, mas acho que a mensagem desse disco é mais forte e eternamente atual!
Todos queremos uma ideologia para viver, queremos e precisamos!
Cazuza, como poucos, sabia colocar em palavras, sentimentos, atitudes, ações.
Quando Cazuza saiu do Barão, muitos acompanharam a sua carreira e não a do Barão e vice-versa. Eu confesso que de início acompanhei o Barão, só um pouco depois voltei a acompanhar Cazuza,afinal, apesar de separados, estão eternamente ligados!
E acompanhar a curta carreira do poeta é, foi e será gratificante aos ouvidos!


Disco maravilhoso! Para fãs ou não! Atemporal!


Qtos álbuns possuo da banda/artista: 5
Dica do Álbum: Curta, simplesmente, curta como o disco merece.
Meu destaque: O disco todo é excelente, mas destaco ideologia, carro chefe dele.


1 - Barão Vermelho – Na calada da noite.

Barão na primeira colocação! rs.
Sem surpresas né?
Bom, o “Na calada” é o melhor álbum do barão. Completo e perfeito tem a sonoridade correta de uma banda que atinge sua maturidade artística! É o que eu acho desse disco. Limpo, honesto, correto, tem pegada e é acima de tudo...divertido...Como todo bom rock deve ser, tem que divertir!
É o disco que mais ouvi do Barão, que mais vivi o momento dele, que escuto a qualquer momento, qualquer hora e inteiro!


Excepcional! Nesse álbum o Barão mostrava que era a maior e melhor banda de rock nacional! Esse vc tem que ter mesmo! Para colecionadores, vale ter o vinil e o cd ( como eu ), mas se vc baixar pela internet, tudo bem vai, o tempo passa, as coisas mudam!
Um dos melhores discos nacionais sem dúvida!


Qtos álbuns possuo da banda: Todos!!
Dica do Álbum: Se vc gosta mesmo de um verdadeiro rock nacional, simplesmente tenha-o.

Eu destaco: Bom, o disco inteiro é excelente como já disse, Um disco que tem: Tão longe de tudo, Política voz, A voz da chuva (que é linda canção) e "O Poeta está vivo", nossa, difícil escolher apenas um destaque! Ouça o álbum todo e entenderá!

Menções mais que honrosas: Engenheiros – várias variáveis e Longe demais das capitais / Titãs – Jesus não tem dentes no país dos banguelas, Go Back e ô blesq blom / Legião Urbana – Legião Urbana (1), Legião 2 , V e Descobrimento do Brasil / 365 – o primeiro / Barão Vermelho – Rock ‘n geral, Carnaval, barão ao vivo no dama xoc, Supermercados da vida, Puro êxtase / Cazuza – Exagerado, só se for a dois, O tempo não para e Burguesia / Violeta de outuno – Violeta de outono / Capital Inicial – Capital Inicial (1), Independência, Eletricidade e Acústico.



6 comentários:

Anônimo disse...

Então colega de São Paulo,vc gosta de pitty?? Eu não curto muito.Mais tem uma musica dela,que me lembra muito um carinha ,que eu queria da ums pegas e mais um pouco.srsr
Semana que vem,o nome eu acho,rs pust colega,quando finalmente ele resovel me pegar ,de jeito a burra aqui falou ,assim não deixa pra semana que vem,a ele cantou assim ,não deixe nada pra semana que vem,pois semana que vem pode não chegar.rsr Isso ja faz mais de 7 anos ,e sempre que escuto essa musica ,lembro do maledeto.rsr bj

ROBS disse...

Olá minha amiga carioca Emilia do sitio! rsrs...

Essa música da pitty tem uma letra incrível né? Gosto da Pitty sim, ela é das poucas que representam bem o rock atual. Não só na melodia, mas como principalmente, nas letras.

Ah..rspondendo seu comentário anterior. Paulista não é metido não, essa rivalidade criada entre paulistas x cariocas é uma bobagem. Mas claro que tem sempre um ou outro metido, paulista ou carioca...rsrs..

Mas, eu por exemplo, já tive até um "caso doido" com uma carioca! Mas isso é assunto para um outro post!

Obrigado pelas visitas e comentários.

Beijos

Anônimo disse...

Bom dia amigo Paulista.Realmente existe uma pequena rivalidade entre Paulista x Carioca rsr,não sei pq isso.Eu ja trabalhei com uma paulista ,Ela parecia se legal,pq legal mesmo são as cariocas.rs Mais tenho que adimitir,que nos cariocas somos um pouco folgados,mais tbm somos muito dirvetidos e gostamos de zuar com os paulista.rs
Vcs falam poita rs,nos falamos porrrrrrrrrrrta ,rsrs.


Então vc já, teve um caso doido com uma carioca??? Ela erra metida? Acho que não,isso é coisa de paulista.Risos
Mais em fim ,Quem nunca na vida ,teve uma caso doido e maluco.Acho que o importante mesmo e aproveitar ,a vida sejá com um caso doido ou não.rs
Nos mulheres falamos,tivemos um caso maravilhoso,um momento especial e etc.Vcs homem falam,tive uma caso doido.rsrs

PS: vc curte sala de bate papo? Podiamos combina,para tc.Ai falamos mais um pouco sobre ,Paulista xCarioca.rs

Beijos Emilia

maria disse...

Eu venho sempre aqui, tá? É que nem sempre comento... esse post, por exemplo, eu li todo. Mas eu acho que, exceto pelo Barão, eu enjoei do resto. Na boa? A minha geração (que deve ser mais ou menos a tua, rs) tomou overdose de Legião Urbana nas rodas de viola. E os acústicos da MTV fez com que esse povo eternizasse mais do que devia os hits, criando uma certa "acomodação" das bandas. Acho que só o Barão ficou fora desta (se não me engano). Fora os jurássicos, gosto um bocado da Pitty.

Robs... disse...

Legal Maria, adorei o "exceto pelo Barão" e do "gosto um bocado da Pitty", rsrs...Somos mais ou menos da mesma geração com certeza! E temos gostos bem parecidos.

É verdade, deu para enjoar de tanto ouvir alguns deles. Mas vale mais pelo que eles marcaram na época, discos como esse,com letras como aquelas essa galerinha nova do rock não faz!(tirando Pitty, é claro,rs)

Valeu amiga...idem ao estar sempre por aqui, o mesmo de mim para teu blog viu!! eu estava só te enchendo ..rsrs..

Grande beijo

maria disse...

"não faz" não, né, não chega até a gente. Tem muita coisa boa por baixo dos panos, tem é que saber os canais (eu não sei, pq não me ligo muito em música, mas conheço gente que sabe, e de vez em quando fico sabendo de uma ou outra novidade). O que vai pra mídia hoje é só porcaria, só coisa que vende pra adolescente.