terça-feira, 24 de julho de 2007

Conto

Título: Ocasiões.

Capítulo 1, Parte 1.

Eram por volta de 2 horas da madrugada. Eu estava andando perdido pela noite fria. Chovia muito, cada gota de chuva que batia no meu chapéu era como uma avalanche desabasse em mim!
Perambulando pela cidade, pensando na minha solidão...
De como cheguei a esse ponto! Afastei todos de mim! Não tenho ninguém mais, não mais que importe!
Desço minhas mãos, não mais trêmulas, até dentro do meu casaco, tiro novamente a arma; engatilho e miro na boca...Não tenho coragem...Sou um covarde mesmo!
O que fiz da minha vida?! Ô droga de vida!
Após andar mais alguns metros, vejo uma luz vindo do meio de um beco quase totalmente escuro, parece uma lanterna em movimento. Não tendo há muito tempo, nenhum motivo para me preocupar com nada, nem com um provável perigo a minha vida, sigo até o beco e atendo a minha curiosidade!
A cena que vejo mudaria minha vida para sempre...só não sabia disso na hora! Uma pessoa que não pude identificar se Homem ou Mulher, pois usava uma capa com touca, estava calmante colocando algo no beco, ao perceber minha presença, colocou a luz da lanterna na minha vista. Por um momento ceguei e antes que eu pudesse dizer qualquer coisa, essa pessoa quase que me atropelando, me empurrou e saiu correndo do beco...
O Beco voltou a ficar totalmente escuro... Sem entender nada, mas com minha curiosidade aguçada, resolvi adentrar o beco.
Continuava muito escuro e percebi que tinha alguma coisa no chão, não conseguia identificar o que é, fui me aproximando... Nem medo, nem receio, nada disso vinha a minha cabeça, na verdade queria até que tivesse uma bomba lá e que explodisse quando mexesse nela, assim acabaria com todo meu tormento e agonia.
Fui me aproximando cada vez mais... Percebi que algo se aproximava de mim nas minhas costas e antes que eu pegasse minha arma e me virasse ouvi uma voz:
- Mão na cabeça e não se vire !
- Quem está aí?
- Cala a boca, não foi esse o combinado, me passa a encomenda.
- Vc deve estar me confundindo, não sei nada de encomenda.

...Continua...

2 comentários:

Leandro disse...

Tá na hora de colocar o próximo capítulo.

Robs... disse...

Pode deixar Leandro, breve estarei postando a continuação!
obrigado pelo prestígio

abraços

Robs